Arquivo do blog

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Pensamento caleidoscópico

  • Vejo que um ótima vida deve estar relacionada ao nível de felicidade construída. Quanto mais intensa e prazerosa se torna nossa vida mais felizes somos. Daí penso: Poderei eu dizer viver melhor que outro considerando nossas escolhas e decisões?
  • O ser humano tem a capacidade inerente de ter ambições. Cada um se apraz do espaço mais agradável, que forneça maior nível de satisfação, mas de formas diferentes. O que me desagrada talvez cause um impacto diferente em outro indivíduo.
  • Observando e conhecendo os seres, o indivíduo se depara com condições diferentes da sua, abrindo as portas das oportunidades. Apega-se a maneira que lhe convém, a fim de encontrar a felicidade. Ressalvado o caso dos "Reprimidos" - aos quais deixo meu lamento - que não permite o conhecer-se, decidir sobre suas possibilidades. Infelicidade alcançada.
  • Pensando assim, terei uma melhor vida por desfrutar de prazeres que outros de repente não desfrutaram? Ou por pensar diferente? Talvez por ter convicções e conceitos que lhe parecem peculiar?
  • Estamos todos nessa viagem de caminhos diferentes, mas todos desaguando no mesmo mar. Todos nesse mesmo barco de enjoôs e deleites. Cada qual ao seu modo. Pequenos mecanismos desse imenso sistema, onde cada peça insiste em manter-se funcionando, apesar dos conflitos. Máscaras distribuídas ao léu, escondendo os mesmos rostos desejosos, nessa "festa a fantasia". E viva as diferenças!

5 comentários:

Nay disse...

"Viva as diferenças!"
A felicidade não passa de uma ilusão. Foi a coisa mais cruel que inventaram. Não deviamos estar nesse mundo à busca da felicidade... devemos lembrar que primeiramente temos a sobrevivência. Esse é o motivo que devia vir primeiro. Felicidade?! bobagem pra mim! Sua sobrevivência depende da felicidade? Apenas lamento! Eu estou aqui para aprender o máximo possível e tentar sobreviver o máximo que puder. Felicidade? Talvez apenas um agrado efêmero depois de tanta dor... Ou talvez um modo de preparação para o que está por vir. Enfim, gostei das palavras. Abraço!

Nay disse...

"Viva as diferenças!"
A felicidade não passa de uma ilusão. Foi a coisa mais cruel que inventaram. Não deviamos estar nesse mundo à busca da felicidade... devemos lembrar que primeiramente temos a sobrevivência. Esse é o motivo que devia vir primeiro. Felicidade?! bobagem pra mim! Sua sobrevivência depende da felicidade? Apenas lamento! Eu estou aqui para aprender o máximo possível e tentar sobreviver o máximo que puder. Felicidade? Talvez apenas um agrado efêmero depois de tanta dor... Ou talvez um modo de preparação para o que está por vir. Enfim, gostei das palavras. Abraço!

Renan disse...

Transcende Samuel, transcende...

Hugo disse...

Samuca!!! Ignore aquela frase que lhe disse ontem... "escrever é um pecado, divulgar é um críme"_Ezra Pound; quando eu digo que sabedoria é calar-se... Foi uma recaída, não vai acontecer novamente. Seu blog está considerabilissímo e com textos muito inteligentes.

Fica bem meu caro.

elisangelapintodaconceicao disse...

Parto do pressuposto de que tudo traz felicidade por mais que os fatos sejam lamentosos. E, por isso, terei que discordar de vc quando diz que os "Reprimidos" nao se permitem conhecer-se, resultando em uma infelicidade alcançada.
Contudo vc se mostra um bom escritor...
"Pequenos mecanismos desse imenso sistema, onde cada peça insiste em manter-se funcionando, apesar dos conflitos."
E eu me deliciei com a sua eloquencia.